Por Heloise Lemos

Jeremias 18:1-6

 Antes de prosseguir sua leitura amado(a), gentilmente peço que feche seus olhos e diga: Senhor seja meu oleiro! Aleluia!

Quando um vaso de barro é pacientemente moldado pelo oleiro, logo surgem os defeitos, processo natural. Esse ofício permite ao oleiro decidir se o vaso continua com suas imperfeições ou seja remodelado. Neste caso o oleiro decide! Pense nisso.

Palavra-chave: “vaso”, do hebraico “kelî”, recipiente usado para armazenamento ou transporte.  (Dicionário Vine)

Em Jeremias 18:1-6, o Senhor compara a nação de Israel a um vaso de barro, indicando que Ele é o oleiro e exerce sua soberania sobre o seu povo. Nesta situação, posso até imaginar o profeta incrivelmente surpreso com a ordem do Senhor: “Vá e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras“. Até ouso especular o que ele deve ter pensado… Certamente indagaria: “Mas por que o Senhor não fala daqui mesmo? Por que tenho que ir lá? O que o Senhor quer me mostrar afinal?” Pensamentos substancialmente humanos, não é mesmo?

Chegando ao local designado, viu um oleiro trabalhando com a roda (instrumento de ofício, utilizado para dar forma ao barro). “Então o vaso que estava em suas mãos quebrou-se, mas ele o refez, e moldou outro vaso de acordo com a sua vontade“.  (vs 3-4)

Então veio a mim a palavra do Senhor dizendo:” (vs 5)

Primeira revelação

Quem é o oleiro?

Ó comunidade de Israel, será que eu não posso agir com vocês como fez o oleiro?”  (vs 6)

É o Senhor, Deus zeloso e miseriocordioso, que trabalha para todos os que nEle esperam, que nos aperfeiçoa na fraqueza, que deseja ter um relacionamento íntimo com seu vaso, que quer conhecê-lo, quer moldá-lo, a fim de que seja para o louvor da sua glória. Esse Deus na excelência do seu poder, escolheu amar um ser frágil, cheio de limitações e usá-lo para armazenar, transportar e refletir a luz do evangelho de Cristo. Deus de amor, que exerce sua soberania sem manipulação, permitindo a livre escolha da sua criatura. Quem é o seu oleiro?

Segunda revelação

Quem é o vaso?

Como barro nas mãos do oleiro assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de israel.” (vs 6)

Curiosidade: a parábola, neste primeiro capítulo, provavelmente escrita durante os primeiros anos do reinado de Jeoaquim (um rei que fez o que era mal aos olhos do Senhor), ilustra a soberania de Deus para lidar com a nação. Deus tem poder sobre o barro (Judá), e continuaria a moldá-lo para fazer dele um vaso útil. Mas Judá deveria arrepender-se rapidamente, caso contrário, o barro endureceria antes de ganhar a forma planejada pelo oleiro. Se isto ocorresse, o barro não serviria, seria amassado, quebrado e refeito novamente. Processo profundamente doloroso!

Muitos anos se passaram até chegar o dia que se chama “hoje”. E o nosso Deus é imutável! O Seu padrão de justiça, perdão e amor continua o mesmo e se aplica a nós com a mesma intensidade tal qual a dispensada sobre a antiga aliança.

Somos barro em suas mãos? Aquele que permite ser moldado segundo o perfeito padrão de Deus?

Permitimos que o Senhor, através do Santo Espírito, esvazie-nos do nosso eu, com o propósito de nos tornar vasos de honra, plenos e úteis em Suas mãos?

Considere amado, nossa postura diante de Deus não deve ser a de ficarmos descuidados, passivos, inanimados como o barro. Até porque temos a vida de Cristo fluindo em nós! Amém? Devemos estar receptivos e mostrar disposição ao impacto e soberania de Deus em nossa vida.

Para que o Senhor começe a lhe moldar até lhe transformar num vaso valioso e pleno, é necessário que se renda a Ele. Neste caso a escolha é sua. Você é um vaso nas mãos do oleiro?

Share
 

4 Comments

  1. Victória disse:

    Amém!!! Heloise, que o Senhor continue te capacitando e usando a sua vida para fazer a obra dEle! Bjos e fica com Ele…Vic

  2. Lucia Cuzunguluca disse:

    Amem!
    Irma Heloise, Desus seja louvado por te usar para a grande missao.

    um abraco fraterno na Paz do SENHOR!

    Lucia.

  3. Gilmar Lopes disse:

    Deus continue te usando irmã para esse ministério.
    Tenha um ano de 2014 repleto de bençãos.

  4. Deus procura e requisita os santos vivos para julgar o mundo. Para a salvação e não condenação.
    Heloise, desculpe se me atraso para os teus assuntos.Espero que tua carreira de escritora seja um caminho do Senhor operar grandes milagres e retribuir amor a tantos quantos procurarem por Ele. Obrigado Filha por te tornares um presente do Senhor entre os escolhidos. … Ninguém vem ao Pai, senão por mim… Mamãe! 28/12/2015.

Deixe um comentário