Por Thayse Souza Maurício

PIB7 Tubarão / SC

 

“Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, somos do Senhor”. Romanos 14:8

 

Para viver para Cristo, é preciso primeiro morrer. Morrer para o pecado, abandonar tudo o que nos torna impuros diante de Deus, para então, nascer para Ele. A partir desse nascimento estamos mortos para este mundo e Cristo se torna a nossa vida, (Colossenses 3:3,4) o nosso “eu” já não existe, é Cristo quem vive em nós e agora somos do Senhor.

Essa pode ser a explicação do porquê que é tão difícil para os cristãos viverem no mundo em que estamos vivendo; não pertencemos à ele, estamos de passagem aqui. Nosso verdadeiro lar está por vir, e enquanto aguardamos a vinda do Pai, Ele cuida de nós lá de cima e nos conforta: “Não temas, porque eu te resgatei, chamei-te pelo teu nome; tu és meu” (Isaías 43:1).

Será que diante dessa afirmação de Deus deveríamos temer algo ainda? Claro que não. Ele está com os olhos fitos em cada um de nós, por isso diz: “Não temas”. Não temos motivo para ter medo, não somos ovelhas perdidas que vivem sem ninguém para protegê-las; temos o Rei dos reis e Senhor dos senhores cuidando de nós.

Somos de Deus e nada pode nos arrebatar de sua mão (João 10:29). Se engana quem pensa que Deus não está ao seu lado quando algum problema lhe atinge, que Ele se descuidou e por isso veio tal sofrimento. Jesus já tinha nos falado que teríamos aflições. Não podemos esquecer de que Ele também viveu neste mundo; foram muitas as humilhações, os sofrimentos, as perseguições e rejeições que Ele passou. E se foi assim com Jesus, por que não seria assim com os cristãos também?

Apesar de tudo isso Jesus sabia de onde tinha vindo e quem tinha o mandando para cá. Sabia que era Deus que estava no controle de tudo, por isso confiou Nele e venceu. Jesus venceu o mundo! Aquele que um dia foi considerado Homem de dores hoje reina, e reinará para sempre.

É em busca dessa vitória que o cristão deve viver, e só conseguirá alcançá-la se seguir os passos de Jesus. O nosso viver é do Senhor, tudo é Dele, para Ele e por Ele, se assim vivermos fielmente seremos vitoriosos com Cristo. Também sabemos que é Deus quem está no controle, por isso que, se vivemos, viveremos para Ele, se morremos, morreremos para Ele. Entregando nossa vida a Jesus é que encontramos a verdadeira felicidade, pois só assim podemos ter a certeza de que nada acaba por aqui, de que quer estejamos vivos ou não Jesus virá buscar os seus.

Share
 

0 Comentários

You can be the first one to leave a comment.

Deixe um comentário